Vender iPhone usado: o guia completo!

Vender iPhone usado é uma das práticas mais comuns entre usuários da Apple, que pretendem realizar um upgrade de um novo dispositivo.

Já pensou em quanto você pode ganhar vendendo um iPhone usado? Pois, é eles podem valer muito mais do que você possa imaginar. Hoje irei ensinar algumas estratégias para que você possa vender o seu iPhone com preço adequado e algumas dicas super importantes no processo de seleção de venda, pois, não basta informar um preço e sair por aí, há todo um requisito mínimo que os clientes irão definir.

A Apple, é uma empresa multinacional, que tem como objetivo, a venda de de produtos eletrônicos inovadores para todos os públicos. Seu sucesso é tão grande, que chegou a bater um recorde de vendas, faturando US$ 91,8 bilhões nos últimos 3 meses de 2019.

Nesse artigo, irei explicar os principais pontos no processo, que são:

Como vender iPhone usado

Se você tem um iPhone que não utiliza, guardado na sua gaveta, e quer obter um dinheirinho extra, então você tem que seguir alguns passos para iniciar o processo de vender o seu antigo smartphone.

Formatar o iPhone

O primeiro passo que você deve fazer na realização de um processo de venda de um iPhone usado, está em relação aos dados do iCloud.

Certifique-se de realizar um backup do seu iPhone antigo na nuvem, para que você possa sincronizá-lo a partir de um dispositivo novo. É super importante realizar essa etapa, para que você não perca nenhum dado.

Depois, você tem que sair ir de sua atual conta no dispositivo e realizar a redefinição de fábrica. Para que isso aconteça, basta ir em configurações na tela inicial, geral, redefinir, apagar todo conteúdo e ajustes.

Pronto a partir daí, começa o processo de formular um preço, já que o dispositivo está zerado.

Vender iPhone usado: o guia completo!

Primeiros passos para definir um preço

No processo de revenda de smartphones, o primeiro e mais importante que os usuários veem, está em relação ao preço e aparência. Todo o iPhone que está riscado, tela trincada, alto-falante que não funciona, tem um preço abaixo do esperado, isso você pode anotar!

Existe alguns pontos importantes para definir um preço nesse processo de venda, aqui vão eles.

Aparência

É preciso que o iPhone não tem nenhum arranhão, seja no touch screen ou na parte traseira, se for vidro como por exemplo o 8 Plus. A pessoa pode sugerir um preço muito menor do que você definir. Um iPhone bem cuidado tem maiores chances de ser revendido, por um preço maior do que um usado novo, mas, com arranhões.

Peças originais

Já trocou o touch, bateria, carcaça? Se você não tem nenhuma peça original, o preço que você indicar para venda deve ser cortado quase pela metade. Isso porque, a tela de um iPhone custa muito caro, da mesma forma a bateria e peças como a carcaça. Se o mesmo estiver com peças originais, fique tranquilo pois há outros pontos, super importantes na questão de definir um preço.

Acessórios

Se você ainda tem todos os acessórios, a partir do momento que você for vender, é preciso que você entregue tudo. O valor pode aumentar, simplesmente por ter os acessórios em mãos. Mas isso vai depender da pessoa e da escolha.

Caixa

Um iPhone ou qualquer celular na caixa original, vale muito! Então, se você ainda tiver guardado em bom estado, está garantido um preço bem bacana.

Garantia

Se ele ainda está dentro da garantia, não aceite ou vende em nenhum momento por um preço bem inferior. Qualquer dano futuro pelo usuário a Apple pode cobrir, então, se está na garantia, você pode revender por quase um preço de um novo, mas, não é pra tanto.

Vender iPhone usado: o guia completo!

Bateria do iPhone

A bateria de iPhone semi novo é super importante, se você utilizou o mesmo por um ano, dois anos, a sua capacidade irá diminuir devido ao uso próprio. Quanto menor a capacidade disponível menor será o preço para revenda.

Em resumo, se a sua bateria está em 90% na capacidade, não irá afetar muito o preço, mas, se ela estiver variando entre 80, 70 e abaixo, ela pode estar classificada como bateria viciada, e será necessário a troca da mesma diminuindo o preço do processo de revenda.

Para conferir a capacidade correta basta acessar o guia ajustes na tela inicial, bateria, status da bateria.

Formas de pagamento

É o mais pessoal. Se você tem uma maquininha, você pode realizar o pagamento via cartão de crédito ou dinheiro à vista. São essas as duas formas em que você pode realizar a venda do seu aparelho usado. Agora na internet, utilize sites confiáveis como por exemplo OLX ou Mercado Livre, e cuidado com os golpes virtuais, pois nesses sites podem ocorrer alguns problemas, fique ligado.

Dicas de segurança

Se você vai vender o seu iPhone, tente realizar a transação num lugar bem movimentado, ou perto de autoridades próximas. Se na sua cidade tem o shopping, marque um horário com aquela pessoa e realize a sua venda lá. Nada de marcar na sua casa ou dar o seu endereço pessoal. Assim, pode evitar que golpistas descubram a sua localização e furtem o seu aparelho.

Valor real

Os valores podem variar, como por exemplo em alguns tópicos abaixo, tem iPhones antigos sem garantia em diferentes versões, indo em base com a Fenex Store de Sobral (01/2020)

IPhone 7 32 GB R$1428
R$1890 o iPhone 7 Plus 32 GB
iPhone 7 Plus 32Gb Rose R$1990
iPhone 8 64GB R$1950
Um exemplo de um iPhone com garantia até setembro de 2020, o iPhone XS 64GB Gold R$3550 

Os preços podem variar, indo em comparação aos tópicos acima, de aparência, garantia, bateria e peças originais.
Se você tem algum modelo, e deseja definir um preço, busque em sites como OLX, Mercado Livre ou TrocaFone, para entender melhor qual o preço mais adequado no seu produto.

Sobre Arthur Oliveira

Arthur Oliveira, 26 anos. Formado em Marketing e CEO do OArthur.com Expert em Produtos Ouro no Google Play e Blogger. Contato: oarthur.com@oarthur.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *